W.I.P.

A máquina de costura não pára. Mais dodôs para a R., mais saias para a L. que o Verão vem aí e é preciso pôr as pernas a apanhar ar, uma manta em construção.

– – –

O meu lado de respigadora adora encontrar pela casa uma caixa que afinal é uma cama, com restos de espuma que afinal são o colchão perfeito para um bebé fazer a sesta.

One thought on “W.I.P.

  1. Essa fita branca com pequenos tracinhos pretos conheço-a desde sempre, guardada numa caixa de lata (de folha)que tinha tido rebuçados dentro (drops). Lá a minha mãe guardava os restos de fitas e gregas (espiguilhas) com que eu sonhava enfeitar os vestidos das bonecas.

    Mais tarde a caixa de lata mudou-se para nossa casa e esse bocadinho de fita branca, de que conheço de cor o lavrado, sobreviveu a muitas operações de despojamento doméstico e continuou à espera dum fim digno dela. É que eu considerei-a sempre muito especial.

    Com mais de 60 anos de vida, mudou uma vez mais de residência, lá para bem perto do Largo do Rato, e, eis senão quando, entrou na blogosfera!

    Estou feliz por ela ter tido direito ao estrelato.

    PS. Houve outros nomes para as mesmas coisas que resistiram pior ao tempo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s