Copo meio cheio

photo
photo
photo
A verdade é que me apetecia fazer uma birra por o Verão já ter passado, por ter ido pouco à praia e por sentir que não carreguei as baterias o suficiente para as estações que aí vêm.
Mas, não tendo já idade para birras, meti na cabeça que hei-de encontrar e tentar ter sempre presente as vantagens, porque as há, da chegada do Outono.
Primeira: já que estará frio e chuva e vento lá fora, trazer o verde para dentro de casa. É raro o dia em que não trago um ramo de árvore, umas folhas com umas bagas de cores lindas — tudo apanhado nos caminhos que faço a pé, dos arbustos silvestres e das árvores por podar junto às estradas. Ponho tudo em jarras ou colo nas paredes e trato-as como se tivessem vindo de floristas sofisticadas.
Segunda: mantas e mais mantas pela casa. Tapadas para as meninas e a Manta Pastor que o João não larga desde o primeiro dia de Outono até voltar a Primavera. Só de olhar para ela já me apetece um bocadinho mais que fique frio.
Terceira: emoldurar, finalmente, o desenho de uma árvore que a Leonor fez há uns meses e que todos adoramos cá em casa. Pôr coisas nas paredes põe a casa confortável e torna-a ainda mais nossa.
Anúncios

2 thoughts on “Copo meio cheio

  1. acho q de facto nunca somos velhos de mais para fazer birras!!! mas essa solução e muito melhor… ver se me lembro a proxima vez que me apetecer fazer uma birra! e o desenho e espectacular!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s