Verão II

photophotophoto

O saco que comprei à Diane há dois meses tem sido usado todos os dias desde então (bem, talvez não nos dois ou três dias em que precisei de um saco maior) e cada vez gosto mais dele. O tecido, além de lindo de morrer, é de óptima qualidade e ultra-resistente e está feito com um cuidado que talvez o faça durar para sempre. Assim o espero porque estou viciada nele.

Adoro ver as flores encaixotadas acabadinhas de chegar ao Jardim aqui do bairro. E detesto vê-las espalhadas com um ar raquítico no meio de uma espécie de mato mal tratado que são os canteiros que por lá há. A trabalheira que deve dar tratar delas e o gasto de água que elas requerem parecem-me o mais parvo dos investimentos. Preferia mil vezes que as distribuíssem em vasos pelas janelas dos vizinhos aqui da zona e deixassem o jardim com plantas mais fortes que resistissem melhor às intempéries, aos pombos e aos gatos.

Outra das minhas actividades preferidas — embalar. Desta vez com uma caixa de bolo de aniversário que serve na perfeição para a primeira manta de retalhos de bebé que almofadei à máquina (mas que debruei totalmente à mão, claro). Está disponível aqui.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s