Sair

photophotophoto

Quando se está demasiado fechada no meu bairro, como me tem acontecido nos últimos tempos, uma simples ida ao médico que nos fez atravessar a cidade maravilhou-me como se tivesse ido ao estrangeiro. Tenho saudades de estar no centro mais centro de Lisboa, a verdade é essa. E, no entanto, não me posso queixar — eu sei. Campo de Ourique é um bairro cheio de vida, onde há de quase tudo, e nem toda a gente se pode dar ao luxo de fazer dos piqueniques e passeios no Jardim da Estrela uma espécie de rotina. Nós fazemos.

4 thoughts on “Sair

  1. Em tempo..lindo post, com A. muito faceira.!
    O predio foi desenhado assim por algum grafiteiro? fica a curiosidade.

  2. Sair das fronteiras realmente nos dá uma outra perspectiva e nos proporciona cores diferenciadas… mas pelo que pesquisei é inconteste o desejado por muitos portugueses.
    A possibilidade de ser suficientemente pequeno para ser percorrido a pé e ao mesmo tempo com uma população apreciável que viabiliza um comércio variado. Diria um bairro com unidade, em Lisboa, mas fora dela!
    Enfim… muito próximo aqui com Santa Tereza, bairro coladinho ao centro da cidade, mas com vida própria. Podería-se ficar por lá só apreciando o Rio de Janeiro das alturas.

    se tiver curiosidade: http://www0.rio.rj.gov.br/riotur/pt/atracao/?CodAtr=1410

    Abraços, um excelente dia
    S.O.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s