photo
“Clássicas, com filhos, sem filhos, com papéis ou unidas de facto, heterossexuais, homossexuais, monoparentais, recompostas, numerosas ou em versão mini: a família mudou e muito nos últimos anos em Portugal, mas não se pode dizer que esteja em crise. Ao contrário, o número de famílias aumentou 10,8% nos últimos dez anos, segundo resultados provisórios do Censos 2011, e aumentou também a sua importância no bem-estar de cada um.”
in Público, 31.12.2011, pág. 5
Uma coisa muito boa que ficámos a saber este ano. Venha o próximo.
Feliz ano novo.
Anúncios

6 thoughts on “

  1. nos tempos que correm, em que abrimos os jornais ou ligamos a televisão e só lemos e ouvimos tragédias, é de louvar uma notícia destas!!

    Para mim, é um óptimo prenúncio para este novo ano!

    Beijinhos,
    Maria Leonor

  2. O que se passa com a família actualmente é uma diferença no que se valoriza. Há uns anos os filhos eram vistos, sobretudo, em meios rurais, como mais uma ferramenta de trabalho e para dar continuidade ao que, até então, havia sido conquistado a nível material e ao nível dos valores morais e sociais.
    Hoje, a família, na sua diversidade, presa mais a liberdade e a felicidade individuais. É um suporte para determinado caminho e não o caminho em si.

    Cumprimentos e bom ano!
    Olga Lopes

  3. que todas , nos seus mais diversos modos, possam estar em uníssono com a solidariedade e conscientes que o AMOR é o que conta no frigir dos ovos. Como disseste, que venha 2012 !! e com ele a diversidade sempre Bem Vinda! Uau!!
    abraços à todos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s