O meu bairro

Eu tenho uma certa tendência para achar que o meu bairro é o melhor de todos. Como já vivi em vários quer isto dizer que eu tenho uma certa tendência para achar que Lisboa é uma cidade cheia de bairros bestiais. E o meu é sempre o melhor.
Aqui ficam as provas do que digo:
1. As fotografias do 25 de Abril de 1974 de Eduardo Gageiro e Luiz Carvalho fazem parte da nossa memória colectiva; todos as conhecemos. E mesmo assim é emocionante vê-las em tamanho grande e na melhor das galerias — a rua. Se há imagens que faz sentido ver na rua são estas.
2. Nasceu há uns dias a Cabine de Leitura. E nós cá em casa nem queremos acreditar na sorte que temos por ela estar aqui ao virar da esquina. Já levámos livros, já trouxemos livros, já a visitámos várias vezes. Que simples e maravilhosa ideia.
Tudo visitável na Praça de Londres. No meu bairro.

5 thoughts on “O meu bairro

  1. Nasci, cresci e vivo aqui. Eu, os meus irmãos, pais, tios e primos. Sempre foi a “nossa aldeia”, nesta cidade. Aqui estudei e aqui ensino. Grande bairro!

  2. Que belíssimas idéias! A exposição fora de série e a cabine… De que maneira administram essa belezura carmim?
    Sem dúvida um belo bairro!
    Saudações
    S.O.
    Rio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s