A minha família é bestial #1

Já muita gente por essa blogosfera fora viu e comentou o livro da Constança.
Mas eu, que sou sua prima, também tenho umas coisas a dizer.
É um livro muito bem acabado, como todas as coisas que a Constança faz com as suas mãos talentosas. As fotografias são muito bonitas, a estrutura ao sabor das estações faz todo o sentido para quem conhece o blog Saídos da Concha, os projectos são variados e apetitosos e, muito importante, é bem escrito. Normalmente é onde este tipo de livros ou de blogs ditos crafty acaba por falhar. E é exactamente aí que eu costumo perder o interesse. São raras as pessoas que dominam a escrita e que conseguem comunicar bem aquilo que têm para dizer. A Constança escreve muito bem e com alma.
Eu tenho mais dez anos do que a minha prima Constança. Em adolescente fui várias vezes sua babysitter (e do meu primo Martim), era ela uma menina pequenina.

Quando nasceste, Constança, várias pessoas da nossa família diziam que éramos fisicamente parecidas. Embora agora já não ache que sejamos, reconheço que em pequenas tinhamos mesmo bastantes parecenças. Que divertido que é termos chegado as duas, por vias diferentes, a este mundo dos blogs e dos trabalhos manuais.
Tenho imenso orgulho neste teu livro. A Avó Mimi também teria, garanto-te. Muitos parabéns!

7 thoughts on “A minha família é bestial #1

  1. Que post tão giro, Inẽs! E que verdadeiro. Soubeste pôr um bocadinho da nossa história em palavras que, tal como a Constança, usas tão bem!
    O que dizes sobre a vossa avó é bem verdade. Que orgulhosa ela ficaria ao ver duas netas a usar a criatividade nos trabalhos manuais (nos lavores, como se dizia no seu tempo). Claro que já o vosso avô exibiria um silêncio carregado de reprovação correspondendo a pensamentos no género “Tão promissoras e acabam no trapo!” ou “Desperdício!”. Podia também ser “O mundo está perdido!”.
    Claro que ele tem desculpa pois o tempo dele não era o da blogosfera e as redes sociais eram miragem. Bom, só que o facto da Constança ser autora de um sucesso editorial seria suficiente para o pôr a pensar que afinal o mundo estava mesmo virado do avesso e que a neta mais nova era mesmo bestial. E isso era coisa suficientemente importante para quebrar o seu silêncio.
    Talvez a Constança não venha a ter nome de rua (e daí …) mas o “Mãos à obra” é mesmo bestial.

  2. Obrigada Inês pela tua alma sempre tão doce. Também acho qua a vossa Avó Mimi estaria orgulhosíssima pelas netas e pela bisneta Maria que também acaba de publicar um livro tão giro. Realmente uma família muito criativa e talentosa a herdar toda a habilidade da Avó Mimi.

  3. Dizem que cada estrela tem seu brilho próprio… E há quem prefira uma estrela à outra…donde se conclui que o universo é infinito e nele cabem muitas estrelas…(depende do merchandising).
    Nossos parabéns à uma família tão criativa e que continuem por muitos ano-luz a nos brindarem com seus brilhos!
    ;-)
    S.O.
    Rio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s