Tempo de alcofar

alcofa n. 6 by you.
 
alcofa n. 5 by you.
 
violeta by you.
 
Pouco tempo me sobra para além do das alcofas (a 5 e a 6 já acabei). Mas a uns sapatos novos da Violeta é que eu não consigo resistir.
 
Anúncios

Abril

alcofa n. 14 by you.
 
cravos by you.
 
violeta by you.
 
Acabar o mês com coisas boas:
. Uma alcofa de bonecas (14), versão miniatura desta de bebé. Já está em Santarém.
. Encher a casa de cravos vermelhos como todos os anos.
. Voltar a fotografar os sapatos da querida Violeta (e contar um segredo: o cabelo da Violeta é da exacta cor destes sapatos). 
 

Casa

momento kitsch by you.

parede by you.

violeta by you.

Daqui a algum tempo, não sei ainda quanto, mudar-me-ei para uma casa nova. Até lá vou registando bocadinhos desta. Para mais tarde recordar.

– – –

Com a Primavera antecipada volto a divertir-me com os sapatos da Violeta .

DESENHO
Joana Villaverde

Reciclar

senhora saco de plástico by you.

violeta by you.

Uma senhora feita de sacos de plástico vinda da Guiné Bissau, perfeita nos acabamentos e no estilo.

– – –

Reciclar, aproveitar, recriar – as palavras que andam a bailar na minha cabeça quando penso no Natal que se aproxima.

Um ano

um ano by you.

nova violeta by you.

Passei o dia a pensar na noite de há um ano. E em como é maravilhoso que ela exista.

Fiz-lhe uma boneca, para comemorar. A Violeta baptizou-a assim que a viu. – É uma Violeta. Tem o cabelo cor-de-rosa como eu. Embora bastante mais discreto, acredite-se. Violeta ficou.

A L. não gostou dos olhos fechados. – Está a dormir, disse eu. – Está bem. Mas quando fizeres a minha faz os olhos abertos, sim? Eu registei o pedido implícito.

Rapazes

capacete by you.

violeta by you.

Prenda para um amigo da L. que fez seis anos: um capacete das obras comprado por 2,75 euros. Normalmente sou eu que faço as prendas que a L. oferece nas festas de anos a que vai. Ou então oferecemos livros. Desta vez não havia orçamento para livros e não consegui pensar em nada homemade para um rapaz (esse bicho esquisito a que estou pouco habituada já que o único exemplar mais próximo tem menos de um ano e portanto ainda está arrumado na categoria dos bebés). Andei três dias a puxar pela cabeça até que, já no dia da festa, dei de caras com um monte destes capacetes na loja de ferragens aqui da zona. São adaptáveis a qualquer tamanho de cabeça e têm o encanto de ser um objecto dos adultos, coisa que fascina sempre as crianças. Ela adorou oferecê-lo.