Oops!

A quarta saia está atrasada. Mas está a caminho, meia feita meia por fazer. E a quinta vem logo a seguir.

– – –

Aos poucos estou a transformar a nossa casa no atelier de uma costureira um bocadinho maluca que tem espalhados por todo o lado tecidos e mais tecidos, caixas e mais caixas – de fitas, de gregas, de linhas, de botões. As paredes e as maçanetas das portas têm cabides com roupa para ser fotografada e a nossa cama passou a ser a maior mesa da casa. Falta-me espaço. Sonho com uma mesa de três metros de comprimento e já nem o chão me chega.

Ando a puxar pela cabeça. Um dia destes tenho uma ideia luminosa e faço a casa esticar.

– – –

Fomos ver marionetas do Rajastão a dançar em Lisboa.

Anúncios